• Imagem do colegiado de musica da uefs

Eventos

Premiação - XXIII Seminário de Iniciação Científica (SEMIC 2019)

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PPPG) da UEFS, por meio da Coordenação de Iniciação Científica (IC), anunciou no dia 16 de março de 2020, os estudantes premiados no XXIII Seminário de Iniciação Científica (SEMIC 2019). Nesta edição foram premiadas duas integrantes do GecoM: Cibelle Assis de Souza e Laís de Souza Silva. A premiação destaca os trabalhos dos bolsistas dos Programas de Iniciação Científica da Instituição, nas modalidades CNPq (PIBIC, PIBIC-Af e PIBITI), FAPESB e UEFS, além dos estagiários do Programa Estágio Voluntário de Iniciação Científica ou Tecnológico (PEVIC/UEFS). A classificação dos bolsistas em cada modalidade é distribuída por três grandes áreas de conhecimento. Na grande área Ciências Sociais Aplicadas, Humanas e Filosofia, Educação, Letras e Artes, foram premiadas em 3° lugar:

PIBIC/FAPESB

3º. Lugar – Cibelle Assis de Souza, tendo como orientador(a) o(a) Prof.(a) Cláudia Elisiane Ferreira dos Santos, com o trabalho intitulado “Músicas indígenas: identidades sonoras da residência indígena da Universidade Estadual de Feira de Santana”, na modalidade PÔSTER - bolsa PIBIC/FAPESB.

PROBIC/UEFS

3º. Lugar – Laís de Souza Silva, tendo como orientador(a) o(a) Prof.(a) Simone Marques Braga, com o trabalho intitulado “A criação musical no contexto das atividades desenvolvidas através do PIBID de MÚSICA da UEFS”, na modalidade PÔSTER - bolsa PROBIC/UEFS.

PREMIAÇÃO XXIII SEMIC - Para acessar clique aqui




Palestras Ilustradas sobre Ensino de Instrumentos |Educação Musical Afrodiaspórica: Proposta Decolonial para o ensino acadêmico do violão a partir dos sambas do Recôncavo Baiano

O Grupo Estudos Contemporâneos em Música, o Programa de Extensão de Formação e Práticas Performáticas Musicais da UEFS, o Projeto de Extensão Sons e Teclas e o componente curricular Pedagogia do Instrumento, vinculados ao curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), promoveram no dia 13 de fevereiro de 2020, mais uma edição da Palestra Ilustrada para o Ensino de Instrumentos Musicais. Desta vez, teve como tema a  ‘’Educação Musical Afrodiaspórica: Proposta Decolonial para o ensino acadêmico do violão a partir dos sambas do Recôncavo Baiano’’. A temática foi resultado de uma pesquisa desenvolvida em Doutorado de Educação Musical (PPPGMUS-UFBA) e vem sendo aplicada, também, em aulas do instrumento, em disciplinas do Curso de Licenciatura em Música da UEFS, ministradas pelo professor e pesquisador Dr. Luan Sodré.


Palestras Ilustradas sobre Ensino de Instrumentos | O ensino de instrumentos a partir de ritmos baianos

O Programa de Extensão de Formação e Práticas Performáticas Musicais da UEFS em parceria com o Grupo Estudos Contemporâneos em Música, Projeto de Extensão Sons e Teclas e o componente curricular Pedagogia do Instrumento, vinculados ao curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), promoveram no dia 12 de dezembro de 2020, a Palestra Ilustrada para o Ensino de Instrumentos Musicais, cuja temática foi ‘’O ensino de instrumentos a partir de ritmos baianos’’ e teve como objetivo fomentar o ensino de instrumentos musicais considerando a cultura brasileira. Os participantes foram apresentados ao tema e vivenciaram a partir da prática em seus instrumentos musicais.

O ministrante Alexandre Vargas é intérprete, arranjador, produtor e compositor, atuando no âmbito da música popular. Toca guitarra, guitarra baiana, violão de aço e nylon, bandolim, contrabaixo elétrico e instrumentos orientais de cordas pinçadas: cümbüs,e o elecktro baglama (Saz). Doutorando em Educação Musical (UFBA), investiga as formas de compartilhamento de conhecimentos dos músicos envolvidos com a prática do Samba-Reggae na perspectiva da sua utilização na Educação Musical, a exemplo da aplicação no ensino de instrumentos musicais.

      

     




1° Encontro aberto sobre pesquisas em diálogo com culturas afro-brasileiras

Em 11 de dezembro de 2019, o Grupo Estudos Contemporâneos em Música (GECOM) promoveu o 1º encontro aberto sobre pesquisas em diálogo com culturas afro-brasileiras, com a participação dos professores do Curso de Música da UEFS: Prof. Dr. Luciano Caroso e Prof. Dr. Vinicius Amaro, que socializaram suas pesquisas,  concebidas nessa perspectiva.

 

         


XXIII Seminário de Iniciação Científica (SEMIC) 


Nos dias 21, 22, 23 e 24 de outubro de 2019 ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana, o XXIII Seminário de Iniciação Científica (SEMIC), que fez parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, edição 2019, com o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”. O seminário teve o objetivo de expor e discutir os resultados das pesquisas realizadas por estudantes dos diferentes Programas Institucionais de Iniciação Científica da UEFS, durante o período de agosto de 2018 a Julho de 2019. 

Do Grupo de Estudos Contemporâneos em Música (GecoM) participaram os bolsistas: 


- Cibelle Assis de Souza, bolsista PIBIC/FAPESB, com a pesquisa intitulada ‘’MÚSICAS INDÍGENAS: IDENTIDADES SONORAS DA RESIDÊNCIA INDÍGENA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA’’. 

Orientadora: Cláudia Elisiane Ferreira dos Santos.


- Eliabe Amorim Oliveira, bolsista PIBIC/CNPq, com a pesquisa intitulada ‘’Conteúdo afro-brasileiro nas aulas de música na escola: desafios e possibilidades’’. Orientadora: Simone Marques Braga.


- João Pedro Santos Nascimento, bolsista CNPq Ensino Médio, com a pesquisa ‘’Música na escola: investigação dos gêneros musicais entre os alunos’’.

Orientadora: Simone Marques Braga. 


- Laís de Souza Silva, bolsista PROBIC/UEFS, com a pesquisa intitulada ‘’A criação musical no contexto das atividades desenvolvidas através do PIBID de MÚSICA da UEFS’’. Orientadora: Simone Marques Braga.


 

Eliabe Amorim Oliveira, bolsista PIBIC/CNPq (Comunicação Oral)



João Pedro Santos Nascimento, bolsista CNPq Ensino Médio (Pôster)

Laís de Souza Silva, bolsista PROBIC/UEFS (Pôster)



Livro "Tocar, Cantar e Criar: a composição no ensino de música", publicado pela UEFS Editora, organizado por Simone Braga e Mônica Cajazeira

lancamento              ufba

O livro foi uma das ações do Grupo Estudos Contemporâneos em Música, ao agregar questões pensadas e discutidas nas linhas de pesquisa Formação de Professores de Música, Tecnologia no Ensino de Música, Práticas Pedagógicas Musicais Escolares e performance Musical. A produção aborda a interface entre Composição e Educação Musical direcionada para a formação de professores de música. Na primeira parte, são apresentados artigos que discorrem sobre a Composição enquanto ferramenta da e para Educação Musical, ao contemplar reflexões e relatos de experiências realizadas em cursos de licenciatura em música, sendo ilustradas com partituras das composições geradas. Já na segunda parte, são apresentadas composições e arranjos musicais voltados para variados níveis e instrumentos musicais como piano, flauta-doce, violão, quarteto de cordas, conjunto de clarinetas, conjuntos instrumentais, entre outros, onde os autores tecem considerações didáticas para a utilização das músicas em variadas situações de ensino.

O livro foi lançado na UEFS, em novembro de 2018. Todavia, esse lançamento foi e será ampliado em outras instituições de ensino, na maioria das vezes acompanhado de minicurso contemplando o tema composição/ed.musical, conforme informações a seguir:

1) Lançamento na Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória/ES: dia 22/04/19
    Roda de conversa com a participação com alguns autores do livro
2) Lançamento na Escola de Música Villa-Lobos, Teixeira de Freitas/BA: dia 26/04/19
    Minicurso A criação musical na sala de aula, ministrado por Simone Braga
3) Lançamento na Universidade Federal da Bahia, Salvador/BA: dia 17/05/19
    Minicurso A composição de Microcanções Escolares CDG, ministrado por Claudia Santos
4) Lançamento na Unopar, polo Porto Seguro/BA: dia 19/05/19
    Minicurso A criação musical na sala de aula, ministrado por Simone Braga

Organizadoras: Simone Marques Braga e Mônica Cajazeira Santana Vasconcelos

Autores: Pedro Carneiro (UEFS), Alexandre Freitas (UFES), Valéria Marques (UFPA), Hermilo Santana (UFBA), Claudia dos Santos (UEFS), Helena Nunes (UFRGS/UFBA), Leonardo Nunes (UFBA), Jaqueline Leite (UFBA/UCSAL), Ernesto Hartmann (UFES), Marcos di Silva (UFBA), Guilherme Bertissolo (UFBA), Tais Dantas (UEFS), Bruno Westermann (UEFS), Rosa Eugênia Villas Boas (UEFS), Yuri Barreto (UFBA/IFPE), Rosana Braga (UFBA/UDESC), Lucas Silva (UEFS), Caroline Lopes (UEFS), Joedson Barbosa (UEFS),  Luiz Cerqueira (UEFS), Eder Rios (UEFS), Luciano Leocádio (UEFS), Leones Nascimento (UEFS) e Patricia Camara (UEFS)



II Jornada Pedagógica Ensino de Música na Escola

       ascom

O Grupo de Pesquisa Estudos Contemporâneos em Música (GECOM), vinculado ao curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), realizou nos dias 14 e 15 de março, a 2° Jornada Pedagógica “Ensino de Música na Escola”, como programação para o início do semestre 2019.1.

A Jornada promoveu uma mesa redonda sobre a composição no ensino musical, para discutir e propor novas atividades para serem desenvolvidas no ensino da música na escola. A professora Simone Marques Braga, coordenadora do GECOM, afirmou que o evento teve o intuito de dialogar com a utilização da composição voltada para o trabalho na sala de aula, “O foco da jornada é o ensino de música na escola. Mostramos que isso também pode ser aprendido, desenvolvido e, principalmente, pode ser ensinado e utilizado como uma ferramenta pedagógica.”

No evento, houve o lançamento do espaço virtual do GECOM, que tem a finalidade de se tornar meio de divulgação de eventos e a produção de membros do grupo. O Minicurso “A Composição Musical na Escola: Caminhos e Diretrizes Pedagógicas”, apresentado pelos professores Josinaldo Gomes e Vinicius Borges Amaro, encerrou a programação.

Para o professor Josinaldo, “a composição não é algo fechado somente aos compositores, qualquer pessoa pode criar uma composição. Então, é dar possibilidades para que os alunos possam desenvolver essa prática de composição nas próprias aulas”.


cartaz




GecoM na ABEM Nordeste 2018

Membros do GecoM participaram do XIV Encontro Regional Nordeste promovido pela Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM), ocorrido entre os dias 19 a 21 de setembro, na cidade de salvador, Bahia. O evento contou com a participação da profª Simone Braga na comissão organizadora, mais especificamente na Coordenação dos Minicursos. Dentre os minicursos realizados, destaca-se o que contou com a socialização de parte da pesquisa desenvolvida por um dos membros do grupo, Andeson Cleomar. Intitulado “Vivências Musicais Indígenas Pankararu”, os participantes foram convidados a vivenciar músicas e torés a partir da concepção do povo indígena Pankararú. Estiveram auxiliando no desenvolvimento do minicurso Eliabe Amorim e Claudia dos Santos.

 

imagem galera



Outra participação foi na apresentação da comunicação oral “A extensão e a formação de professores” proferida por Simone Braga, Simone Gonçalves, Vanessa Oliveira, Vanessa Victória e Anderson Silva. Apesar do relato de uma experiência desenvolvida em uma atividade de extensão, a comunicação sinalizou para o diálogo presente entre a atividade e a pesquisa, visto que a extensão está se transformando por alguns membros como o principal objeto de investigação.


 

galera 2

 

 Para acessar clique aqui



2018: Novos membros no GecoM

O ano de 2018 conta com a participação de novos membros no GecoM, ampliando a quantidade de participantes: 04 professores vinculados a UEFS, 01 recém licenciada em música, 08 estudantes, sendo 02 bolsistas de extensão, 01 bolsista de iniciação a tecnologia e inovação e 03 bolsistas de iniciação cientifica. Além também da participação de 01 estudante da educação básica local, que é bolsista de iniciação científica júnior.

 

galera na sala

 

Além de novos membros, também houve mudança em relação a dinâmica dos encontros do grupo. A cada reunião um dos professores conduz discussão e reflexões acerca de temas pertinentes para pesquisa a exemplo de metodologias, seleção de instrumentos de coleta, formulação de problemas e hipóteses, entre outros. Também nos encontros é realizado pelos membros breve apresentação das pesquisas em andamento. A socialização oportuniza discussões que emergem reflexões, novos olhares e redirecionamento para as investigações em desenvolvimento.



Notícia 3: Socialização de pesquisas no XXII Semic na UEFS

A UEFS também se inseriu na programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia através da realização do XXII Seminário de Iniciação Cientifica na 2018 – UEFS, ocorrido entre os dias 15 a 19 de outubro. Com o objetivo de expor e discutir os resultados das pesquisas realizadas por estudantes dos diferentes Programas Institucionais de Iniciação Científica, propiciando a interação com pesquisadores das respectivas áreas de conhecimento, o evento também promoveu a inserção dos estudantes no domínio dos códigos científicos e tecnológicos, possibilitando a formação de jovens pesquisadores e futuros profissionais conscientes de uma atuação ética e responsável na sociedade. 

Do GecoM participaram Larissa Carvalho com a apresentação da comunicação oral “O canto coletivo nas escolas do Pibid de Música”, ex-bolsista IC (Fapesb) e João Pedro Nascimento com a apresentação do pôster “Música na Escola: Investigando Práticas Pedagógicas musicais”, bolsista IC Junior (CNPq).]

Para acessar clique aqui

 

galera 4   imagem 5

 

 

 



Recomendar esta página via e-mail: