• Imagem do colegiado de musica da uefs

PESQUISA

Grupos de Pesquisa

Grupo de Estudos Contemporâneos em Música

Linhas de pesquisa:
- Formação do Professor de Música
- Performance musical
- Práticas Musicais Escolares
- Recursos tecnológicos no ensino de música

Pesquisa em Desenvolvimento:
Música na Escola: investigando práticas pedagógico-musicais.

Clique aqui para acessar o espelho do grupo. 


Sonoridades - Grupo de Pesquisa em Música

Linhas de pesquisa:
- Cognição Musical
- Ensino Coletivo de Instrumentos Musicais

Pesquisa em Desenvolvimento:
Motivação e Educação Musical: contextos, processos motivacionais e perspectivas.

Clique aqui para acessar o espelho do grupo.


Grupo de Estudos Autorregulação da Aprendizagem Musical


A aprendizagem tem sido cada vez mais encarada como um processo no qual os sujeitos realizam por si próprios, de forma proativa. A autorregulação é um construdo que vem atingindo destaque na Psicologia Educacional, predominando como tema relevante de estudos e intervenções a partir da Teoria Social Cognitiva (TSC), teoria psicológica que discute o comportamento humano a partir da lógida das interações recíprocas entre os fatores pessoais, ambientais/sociais e comportamentais, pautados na não-distinção entre mente e corpo, tomando o ser humano como um ser integral (BANDURA, 2008). A aprendizagem de um instrumento musical envolve uma variedade de estratégias que está presente na complexidade da prática musical, de planejamento, preparação, seleção de atividades, gerenciamento do tempo, de ensaio, além de estratégias de autoavaliação. Os estudantes músicos, sobretudo os de nível iniciante e intermediário, precisam ser apoiados à medida que estão aprendendo a autorregularem suas aprendizagens definindo suas prórpias metas de estudo e desenvolvendo estratégias para alcançarem seus objetivos (McPHERSON; ZIMMERMAN, 2011; FONSECA, 2010). Desde o início do século XX, uma série de estudos na área da Autorregulação da Aprendizagem musical (ARA) tem sido publicada e ampliada ao longo dos anos por vários pesquisadores. Acredita-se que uma melhor compreensão de como os músicos autorregulam sua prática musical poderá fornecer mais evidências de como desafiá-los a assumir, de forma efetiva, um papel ativo, motivado e esforçado no decorrer da aprendizagem (LEON-GUERREIRO, 2008). O Grupo conta com a participação efetiva de 5 pesquisadoras e 3 licenciandos. As atividades acontecem em reuniões mensais e visa ser um espaço de leituras, análise e discussão sobre a produção acadêmica, aprofundando o conhecimento na área e desenvolvendo ações formativas pedagógicas musicais.

Clique aqui para acessar o espelho do grupo.

Recomendar esta página via e-mail: